Acreditamos que partilhar o dia-a-dia com outras pessoas dá sentido à vida. Por isso, no centro de dia proporcionamos um ambiente confortável, de convívio e entreajuda para onde quer regressar todos os dias.

Os dias são ocupados conforme a vontade de cada um:
a conversar ou a ler o jornal
a jogar dominó, sueca ou bingo com um, dois, três, ou até seis cartões,
a cantar ou a fazer trabalhos de costura,
a fazer caminhadas ou a ver quem passa no banco do jardim.
No centro de dia tem sempre companhia para almoçar. As refeições são caseiras, quentinhas e preparadas especialmente para si.

Todos queremos voltar aos sítios onde nos sentimos bem. E as nossas segundas-feira são sempre dias de reencontro feliz.

Perguntas frequentes

Quais são os serviços do centro de dia?

Ao longo do dia pode contar com a nossa equipa de cuidadoras para lhe fazer companhia e assegurar o seu conforto e bem-estar;
No centro de dia temos uma profissional de animação sociocultural para desenvolver atividades que vão de encontro aos seus interesses e aspirações;
Servimos ao almoço e jantar refeições caseiras, de acordo com um plano alimentar diversificado e equilibrado, elaborado por nutricionista. Disponibilizamos também um reforço alimentar servido de manhã e a meio da tarde.

O centro de dia assegura transporte?

O centro de dia não assegura transporte.
Pode utilizar o seu transporte próprio ou pode vir de boleia com familiares ou amigos.
Se precisar, pode também contratar uma empresa especializada em transporte de passageiros.

Qual é o horário de funcionamento?

O Centro de dia funciona de segunda-feira a sexta-feira das 7h30 às 19h00.

Como posso fazer a inscrição para o centro de dia?

Pode efetuar a sua candidatura no formulário que encontra no fundo da página. Entraremos em contacto consigo assim que possível.
É importante esclarecer desde já que o centro de dia tem um número limitado de vagas. Por este motivo, é frequente existir lista de espera e é sempre necessário fazer a candidatura previamente.

Quanto é que vou pagar?

O valor a pagar é definido em função dos rendimentos das famílias e de acordo com regras da Segurança Social.
Para calcularmos a chamada "comparticipação familiar" temos em conta o rendimento per capita do agregado familiar.
Mais informação disponível no regulamento interno.

Fui contactado para a entrevista de admissão. Quais são os documentos necessários?

Além de documentos de identificação, para efetuar o cálculo da comparticipação familiar é necessário apresentar:
- a declaração e nota de liquidação do IRS;
- documentos comprovativos das despesas do agregado do pagamento de renda de casa ou comprovativo da prestação mensal de empréstimo para aquisição de habitação própria permanente;
- documentos comprovativos das despesas do agregado com medicamentos de uso continuado em caso de doença cŕonica.

conheça o regulamento

faça a sua candidatura aqui

2021 | O Abrigo - Centro de Solidariedade Social de São João de Ver
Todos os direitos reservados. | Política de privacidade
Livro de reclamações online